SOBRE

A SpeedWebTelecom possui uma política seletiva de peering, as sessões são estabelecidas com base no desempenho, capacidade e onde exista benefício mútuo e estão sujeitos a certos requisitos técnicos, comerciais e legais. Os requisitos técnicos gerais para peering são:

• Uma rede redundante com capacidade suficiente para troca de tráfego sem congestionamento ou lentidão.

• Um Centro de Operação de Rede (Network Operations Center – NOC) com experiência e qualificação, capaz de auxiliar na resolução de: o Todos os problemas técnicos de desempenho e configurações. o Todas as violações de segurança, ataques de negação de serviço ou qualquer outro abuso originado no peer ou seus clientes.

• Um ASN roteado publicamente.

• Pelo menos uma classe /24 roteada publicamente.

• Informações completas com o peeringdb.com

• Nenhuma das partes estabelecerá uma rota estática, uma rota de último recurso, ou de outra forma enviará tráfego para a outra parte por uma rota não anunciada via BGP.

• Comunicação suportada para os protocolos IPv4 e IPv6.

• Espera-se que ambas as partes registrem suas rotas em um banco de dados público de Internet Routing Registry (IRR), para fins de filtragem.

• Ambas as partes farão esforços de boa fé para manter essas informações atualizadas.

• O MD5 não é necessário

[Peering SpeedWeb] Renato Pereira - renato@speedwebnet.com.br / peering@speedwebnet.com.br / +55 21 983620021 / INOC 262896*100